17 maio 2006

Mais dos 12 magníficos ! :)

No post do dia 25 de Outubro de 2005, já vos apresentámos este grupo constituído por 12 violoncelistas da Orquestra Filarmónica de Berlim. O grupo interpreta vários géneros musicais, inclusive músicas de filmes, conforme puderam ouvir no outro post. Deste mesmo ciclo, trazemos hoje mais dois temas. No segundo deles, os violoncelos são acompanhados pelo trompetista Till Brönner.

Basic Instinct 2 - dispensa apresentações:)

Para visualizar este vídeo, deverá utilizar o Internet Explorer e ter o Windows Media Player versão 9 (ou superior) instalado.




Round Midnight - Filme de Bertrand Tavernier

Temos ainda mais gravações deste espectáculo, com temas de filmes como A Estrada ou O Padrinho, que tencionamos colocar regularmente.
Esperamos que fiquem tão entusiasmados quanto nós com as potencialidades deste maravilhoso instrumento:).

21 Comments:

Blogger A Rapariga said...

Espantoso! Há CD deles à venda.

Tenho de ir ver ao post do dia 25.

Amei!

Beijos da prima

17/5/06 19:14  
Blogger A Rapariga said...

Die 12 Cellisten der berliner Philarmoniker, é isto?

Achas que se encontra algum CD na Fnac?

17/5/06 19:16  
Blogger A Rapariga said...

Chamaram-me a atenção para o facto de que o link da Outra Face do Espelho vai dar a um sítio esquisito.

Terão de linkar araparigasamor.blogspot.com, se quiserem e tirar o da Outra Face.

Não sei como estas coisas são possíveis, mas são.

17/5/06 19:23  
Blogger viktor said...

A Rapariga,
Olá prima,
O nome é mesmo esse. Aqui vai o link para o site oficial deles. Não sei se existe na Fnac.
De facto, é impressionando. Eles conseguem produzir, utilizando só violoncelos, quase todas as cores da orquestra sinfónica.
Bjs. Até breve.

P.S. Já alterei o link.

17/5/06 22:18  
Blogger dakidali said...

Viktor aquele poema que postei no meu blogue é de uma colega de música.
Se fizeres a música o poema então era fantástico.
Beijinhos

17/5/06 23:47  
Anonymous IO said...

GRANDE POST, grande Bird!! - mais, mais!, beijo, uma de ouvido à escuta.

17/5/06 23:54  
Blogger wind said...

Magnífico! Sempre adorei trompete e a combinação das cordas com o mesmo fica linda:) beijos

18/5/06 00:19  
Blogger moon said...

Hello!

Pois, pois...
Já estou mesmo a ver o Viktor a ouvir esta música e a sonhar com o mítico descruzar de pernas da Sharonzinha...:))))))))

18/5/06 00:55  
Blogger moon said...

P.S. Agora a sério, gostei muito!
O vosso blog continua o máximo!
Força! Mesmo com o muito trabalho de ambos.
Beijinhos

18/5/06 00:57  
Blogger Rosa said...

Vá, não sejas mau: apresenta-me lá o Basic Instinct 2! :))
Beijinhos.

18/5/06 15:18  
Blogger b' said...

olá pamina e viktor

a propósito do maravilhoso instrumento e como ando maravilhada com o mais recente livro do nosso nobel aqui fica uma transcrição, lida hoje no metro :))

"..., um violoncelo não é como um piano, o piano tem as notas sempre nos mesmos sítios, debaixo de cada tecla, ao passo que o violoncelo as dispersa a todo o comprido das cordas, é preciso ir buscá-las, fixá-las, acertar no ponto exacto, mover o arco com a justa inclinação e com a justa pressão,..."

gostei do senhor do trompete;)

beijinhos
@:)

18/5/06 16:18  
Blogger viktor said...

Dakidali,
Tal como disse no teu blog, bem me parecia que no poema havia qualquer coisa de musical :)
Bjs.

Io,
Há mais a caminho! Toca a preparar as orelhas :)
Bjs.

Wind,
Quase parece que o trompete tem vida própria!
Bjs.

Moon,
Todos os músicos necessitam de uma musa inspiradora :)
Bjs.

Rosa,
O melhor que se conseguiu arranjar foi o tema original do filme (está a tocar em música de fundo).
Bjs.

B',
É isso mesmo! Um piano possui afinação fixa, ou seja, basta pressionar a tecla para produzir uma determinada nota. Nos instrumentos de cordas a afinação é efectuada pelo executante.
Posso dizer por experiência própria (também estudei um pouco de violoncelo) que basta um milímetro para a nota não sair afinada. A posição, pressão e velocidade do arco são também muito difíceis de controlar.
Não significa que o piano seja um instrumento mais fácil. A sonoridade é determinada pelo ataque da nota: um milésimo de segundo. Um ataque errado e nada mais há a fazer...

18/5/06 18:50  
Anonymous Anónimo said...

Vitor, Não penso q é isso q B' queria dizer, pois não.
Bárbaro

18/5/06 22:52  
Blogger mtc said...

Olá Pamina e Viktor

Mais um post magnífico;)
Com que então...musa inspiradora? ;)
Hummmm...
Viktor, vi no blog da Aspásia que fazemos anos apenas com dois dias de diferença.
Eu dia 9, tu dia 11....
Claro que só sou uns anitos mais velha...mas lembro-me muito bem desse dia 11 de Setembro...
Beijinhos e abraços para os dois :)

19/5/06 15:15  
Blogger papoilasaltitante said...

EXCELENTE!!!!!
Bjs

19/5/06 15:38  
Blogger andorinha said...

Correndo o sério risco de dizer o que já todos disseram, aqui temos mais um belíssimo post.
Gostei muito!
Beijinhos aos dois.

19/5/06 21:31  
Blogger Aspásia said...

Olá Viktor e Pamina

Ando algo atrasada nas visitas, com umas obras em casa que me têm perturbado o ambiente, os horãrios...
Mas aqui as obras são sempre... primas! (Não confundir com a tua prima... que também o será, porque não...)
Cuidado é com estes trailers - tens de pôr bolinha, pelo menos meia-bolinha...
Quanto aos 12 ainda não vi esses Posts mas já os tenho ouvido. Die zwölf sind sehr gut!!!

Küssen für dich und Mamma

19/5/06 22:34  
Blogger A Rapariga said...

Obrigada, Viktor.

Já lá vou ao site deles

Bejos e bom fim de semana

19/5/06 23:29  
Blogger viktor said...

Anónimo,
Bem sei que a minha resposta foi por demais imcompleta. Há tanto para dizer sobre a pressão sobre as teclas ou o controlo da fricção do arco sobre as cordas.

MT - Teresa,
Incrível! Lembras-te do dia em que nasci. Com esta proximidade de datas, cheira-me que virá aí festa de arromba:)
Bjs.

Papoilasaltitante,
Obrigado pela visita.
Bjs. e até à próxima.

Andorinha,
Obrigado pelo teu voo até estas paragens.
Bjs. até breve.

Aspásia,
Ter obras em casa deve ser tudo menos musical :(
Quanto à bolinha, pois... Penso que não devem aceder a este blog antes das 22h :))
Bjs.


A rapariga,
O site é bilingue (Alemão e Inglês) e é bastante interessante.
Boas navegações.
Bjs.

19/5/06 23:51  
Anonymous Ni said...

Fantástico!
Eu adoro o som dos violoncelos,mas o trompete...delicioso.
Gostava de te apresentar o pianista que tocou ontem em Cantanhede na Adega Cooperativa,nem queiras saber foi um sucesso!!!Beijinhos aos dois.

22/5/06 02:33  
Blogger viktor said...

Olá Ni,
Já ouvi falar disso. O malandro até me copiou o nome :)))
Bjs.

22/5/06 22:15  

Enviar um comentário

<< Home