17 outubro 2005

A Sinfonia

Estiveram a ouvir o início do 1ºandamento, Allegro con brio, da 5ª Sinfonia de L. v. Beethoven. Claro.:) A maior parte das pessoas conhece esta peça e sabe o que é uma sinfonia. Contudo, esta palavra nem sempre tem tido o mesmo significado através dos tempos.
Este termo está normalmente associado à época do classicismo vienense, nomeadamente aos compositores Haydn, Mozart e Beethoven que constituem a chamada Primeira Escola de Viena e, posteriormente, a Brahms, Bruckner e Mahler, entre outros. Voltaremos a falar dos grandes sinfonistas, mas antes vamos então fazer uma breve resenha histórica deste termo.

A palavra Sinfonia surgiu no início do Séc. XVIII para designar três tipos de formas musicais:
- Um andamento dentro de uma Suite, uma Partita, etc. (Por ex. em Partitas de Bach)
- Uma peça para teclado, cravo ou órgão, a 3 ou 4 vozes (Por ex. Sinfonias de Bach)
- Uma abertura, tanto de Oratória como de uma Ópera (Por ex. na ópera Rinaldo de Händel).

Por razões técnicas, seleccionámos um exemplo, entre as formas musicais acima indicadas, nomeadamente, a Abertura do Messias de Händel. Este andamento, popularmente conhecido por Abertura, chama-se, na realidade, Sinfonia.
G.F.Händel - 1685-1759


1º andamento do Messias de Händel:
Sinfonia (Grave - Allegro moderato)

Estas aberturas foram ganhando sucessivamente importância e tamanho, até se tornarem peças autónomas. Em meados do Séc.XVIII, a sinfonia possuia 3 andamentos, passando rapidamente, com a Escola de Manheim (por ex. J.Stamitz e F.X.Richter) a incluir 4 andamentos. Este número de andamentos manteve-se, com algumas excepções, durante todo o período clássico (1750-1820).
Habitualmente, o 1ºandamento era rápido, um Allegro, o 2º era um andamento lento, Adagio ou Andante, o 3º um Minuetto e Trio e o 4º um Allegro ou um Presto. Os exemplos são evidentemente muitos, pois a maioria das sinfonias de Mozart segue este modelo.

Durante o Séc. XIX e início do Séc. XX, a sinfonia modifica-se relativamente a três aspectos:
- O Minuetto é substituido pelo Scherzo
- O número de instrumentos aumenta
- A extensão é maior, passando de cerca de 30 min. para mais de uma hora. Em várias sinfonias o número de andamentos aumenta de 4 para 5, noutras mantêm-se os 4 andamentos, mas estes têm várias partes, o que naturalmente aumenta a sua duração.

Como exemplos deste período podemos citar: a 9ªSinfonia de Beethoven, sinfonias de Mendelssohn, Bruckner, Tchaikovsky, Mahler, etc.
Deste último compositor apresentamos alguns excertos da Sinfonia nº5, pois ilustra bem as características acima referidas. Esta sinfonia, nesta versão interpretada pela Orquestra Filarmónica de Berlim sob a direcção de Claudio Abbado, é composta pelos seguintes andamentos:

Parte I
1. Trauermarch. In gemessenem Schritt. Streng. Wie ein Kondukt.
(Excerto do início)
2. Stürmisch bewegt, mit grösser Vehemenz.

Parte II
3. Scherzo. Kräftig, nicht zu schnell

Parte III
4. Adagietto. Sehr langsam

(Andamento completo)
5. Rondo-Finale. Allegro - Allegro giocoso. Frisch.

(Excerto do Final)

12 Comments:

Blogger wind said...

Delicio-me sempre com estes posts. Além de informativos, são formativos. E a música é de uma beleza ímpar:) beijos

18/10/05 02:02  
Anonymous MJ said...

Como sempre, eis um artigo didáctico e encantatório

18/10/05 19:32  
Blogger andorinha said...

Gostei, como sempre.
E vou aprendendo alguma coisa.:)
Beijinhos.

19/10/05 00:05  
Blogger stillforty said...

Adoro o vosso Blog!
Beijos

20/10/05 20:21  
Anonymous Mi said...

Viktor,

Obrigada por essa história da sinfonia :) E também por essa interpretação tão bonita da Sinfonia do Messias, com o cravo a ouvir-se tão bem! De quem é? Do Trevor Pinnock?

21/10/05 13:25  
Blogger Pamina said...

Wind, MJ, Andorinha, Stillforty e Mi,
Obrigada pelas visitas e pelas vossas simpáticas palavras.
Confesso que tenho um fraquinho por Mahler. Neste post deu para colocar estes excertos da sua 5ª sinfonia. Ainda bem que gostaram.
Um beijinho para vocês.

22/10/05 00:14  
Blogger viktor said...

Mi,

Acertou em cheio! É, para mim, a melhor interpretação do Messias que já ouvi: The English Concert e o The English Concert Choir, sob a direcção de Trevor Pinnock.

22/10/05 00:22  
Blogger Menina_marota said...

Fechei os olhos e deixei-me embalar pela música! Soberba!!

O dia vai correr-me bem melhor, depois destes minutos aqui...

Deixo um abraço carinhoso e desejo de bom fim de semana :)

22/10/05 10:07  
Blogger Poesia Portuguesa said...

Espectacular música!! Adorei ouvir!!

Um abraço e bom fim de semana :)

22/10/05 10:18  
Anonymous henrique doria said...

Por aqui chegamos ao coração da terra.Esta beleza salva-nos.Beijos Pamina.

22/10/05 20:15  
Anonymous Menina_marota said...

Passei para vos desejar bom fim de semana e agradecer a disponibilidade das músicas.

Um abraço terno e bom fim de semana :)

23/10/05 12:37  
Blogger JMTeles da Silva said...

Obrigado pelo vosso blogue.

28/10/05 14:34  

Enviar um comentário

<< Home